HEPATITES VIRAIS

Hepatites virais (HV) são infecções de origem viral que acometem o fígado de forma aguda ou crônica com manifestações clínicas leves, moderadas e graves. Na maioria das vezes, evolui sem sintomas, mas podem apresentar manifestações como cansaço, mal-estar, enjoo, vômitos, dor abdominal, olhos amarelados, urina escura e fezes esbranquiçadas.      No Brasil, as HV mais comuns […]

ESÔFAGO DE BARRETT E CÂNCER ESOFAGOGÁSTRICO: IMPACTO DA PANDEMIA DE COVID-19

A pandemia de COVID-19 alterou de modo significativo os serviços de gastroenterologia em todo o mundo. À medida que aumentavam as frequências de infecções relacionadas à pandemia,  os profissionais de saúde foram avisados que os exames endoscópicos deveriam ser imediatamente suspensos, à exceção de casos emergenciais.  A endoscopia digestiva alta (EDA) foi considerada um procedimento […]

PREVALÊNCIA DE SINTOMAS GASTRINTESTINAIS NOS CASOS DE SÍNDROME RESPIRATÓRIA AGUDA GRAVE POR INFECÇÃO CORONAVÍRUS 2. RESULTADOS DE ESTUDO GASTROINTESTINAL MULTINACIONAL PROSPECTIVO CONTROLADO – COVID-19

O curso clínico da síndrome respiratória aguda grave por COVID-19 (SARS-CoV-2), conhecida como doença por COVID-19, pode se apresentar de modo variado, desde casos assintomáticos a outros com rápida progressão para maior gravidade e risco de vida. A doença grave é caracterizada por hipoxemia, insuficiência respiratória e eventualmente falência de múltiplos órgãos.   SARS-CoV-2 pode também […]

SINTOMAS GASTRINTESTINAIS SÃO ASSOCIADOS COM A GRAVIDADE DA DOENÇA COVID-19: REVISÃO SISTEMÁTICA E META-ANÁLISE

Os sintomas gastrintestinais em pacientes com COVID-19 incluem principalmente diarréia, dor abdominal, náuseas e vômitos, com incidência variável, segundo diferentes estudos, de 3% a 39%. Os trabalhos têm sugerido que COVID-19 aparentemente é mais grave em pacientes com sintomas gastrintestinais.  O propósito dos autores do presente trabalho (Nanchang University, Nanchang, China) foi analisar e avaliar […]

DANO HEPÁTICO INDUZIDO POR FÁRMACOS EM PACIENTES COVID-19: REVISÃO SISTEMÁTICA

A gravidade da enfermidade por COVID-19 pode estar correlacionada com riscos de desenvolvimento de hepatopatia. Assim, tem sido sugerido que os resultados insatisfatórios que podem ocorrer com a infecção SARS-CoV estariam relacionados à hepatopatia, mas esse é ainda um ponto a ser melhor esclarecido, embora número crescente de estudos tem indicado que os graus de […]